Projeto de Proteção à Fauna tem novas ações em Assis e Ourinhos

Há um ano, a CART – Concessionária Auto Raposo Tavares iniciou a implantação e adaptação de passagens de fauna sob as rodovias que administra, de Presidente Epitácio a Bauru. Em trechos em que os túneis sob o asfalto estão prontos e já há telas margeando a faixa de domínio, em ambos os lados, para guiar os animais silvestres para a passagem segura, como na Raposo Tavares no município de Rancharia, os resultados são animadores. O total de ocorrências envolvendo animais reduziu em 82,5%. Agora, o Projeto de Proteção à Fauna, desenvolvido pela CART numa parceria com o CBEE – Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas, entra numa nova fase, que, na próxima semana, terá ações em Assis e Ourinhos.
Em Assis, serão duas atividades. No dia 16 de abril, o coordenador do CBEE, Alex Bager, dará um treinamento para inspetores de tráfego da CART para identificar e resgatar animais silvestres encontrados dentro da faixa de domínio. “É uma capacitação que ensinará aos inspetores de tráfego, que atuam 24 horas na rodovia, duas atividades importantes: fotografar os animais achados feridos e mortos de forma a facilitar a posterior identificação pelo CBEE, pois a identificação correta das espécies é muito importante para que o CBEE possa propor medidas adequadas de mitigação do impacto da rodovia. A outra atividade é prestar, de maneira correta, os primeiros socorros a animais silvestres encontrados machucados. Semelhante ao socorro de pessoas, a forma como se move e transporta um animal pode evitar ou provocar danos sérios à coluna cervical e prejudicar sua reinserção na natureza mais tarde”, explica Osnir Giacon, coordenador de Meio Ambiente da CART.
A segunda atividade em Assis é uma palestra sobre o Projeto de Proteção da Fauna que será realizada no Projeto Broto Verde durante o projeto Café com Ideia na Comunidade, promovido pela CART. Alex Barger falará para assistentes sociais, psicólogos, professores, profissionais liberais, pessoas da comunidade e demais interessados sobre a importância da proteção da biodiversidade e ressaltará o que cada um pode fazer para contribuir. Um dos itens que Bager vai enfocar é o descarte do lixo. Se jogado próximo à rodovia, por exemplo, pode atrair animais silvestres em busca de comida, o que aumenta o risco de atropelamento destes animais. A palestra, aberta ao público, será das 14h30 às 16h, numa parceria da CART com o CIVAP – Consórcio Intermunicipal do Vale do Paranapanema, Rede Ciranda e Projeto Broto Verde.
Ainda no dia 16 de abril, à noite, Alex Bager dará palestra em Ourinhos, na FIO (Faculdades Integradas de Ourinhos), para alunos de graduação de direito, biologia e medicina veterinária. Ele vai destacar o que é ecologia de estradas, o impacto de rodovias e ferrovias na biodiversidade e fará uma breve explanação sobre a parceria do Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas e a CART na região no Projeto de Proteção à Fauna. Também vai falar sobre o Sistema Urubu, que através de um aplicativo gratuito para celular permite a qualquer interessado enviar fotos de animais machucados e mortos nas rodovias ao Projeto Malha do CBEE e, assim, contribuir para a formação do maior banco de dados sobre atropelamentos da fauna silvestre no Brasil. Com base nas informações do banco de dados, o CBEE propõe medidas de mitigação.
A estimativa do Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas é que anualmente 475 milhões de animais morrem atropelados nas rodovias em todo o Brasil, mais de duas vezes a população humana do País. Este número significam 1,3 mil animais mortos nas estradas por dia e 15 a cada segundo. A CART, primeira concessionária de rodovia a participar do Projeto Malha, mensalmente informa quais e quantos foram os animais silvestres avistados ou afugentados às margens da pista, os recolhidos feridos e os recolhidos mortos ao longo das rodovias que administra, além de estar implantando passagens de fauna ao longo do Corredor Raposo Tavares.

Comentários


Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>