Sebrae-SP leva capacitações e orientações à Agrifam 2015

A maior feira de agricultura familiar do país, que começa na sexta-feira, contará com atendimento especial de consultores

 

Julho/2014 – A Feira da Agricultura Familiar (Agrifam), principal evento do país para este setor produtivo, acontecerá entre 31 de julho e 2 de agosto, em Lençóis Paulista, e contará com o apoio do escritório do Sebrae-SP em Bauru.

O objetivo do evento é apresentar e promover vendas dos últimos lançamentos em maquinários e implementos agrícolas. Durante os três dias, o Sebrae terá um estande à disposição dos produtores rurais.

Para a edição de 2015 do evento, serão oferecidas palestras e capacitações voltadas a diversas temáticas do agronegócio. Para tanto, será montado um estande de 100 metros quadrados, equipado com sala de recepção e mesas para consultores prestarem atendimento ao público. Empresários de mais de quarenta municípios confirmaram presença no posto de atendimento.

Já para o público da feira e empresários do setor, o estande do Sebrae-SP fará de forma gratuita atendimento para tirar dúvidas. O espaço também receberá a palestra “Planejamento da Produção de Leite”, sempre de uma em uma hora, “Atualização nos Programas de Compras Governamentais”, às 9h30, dia 31/08.

Além disso, o evento ainda contará como uma unidade do Sebrae Móvel. A carreta funcionará das 9h às 17 horas e que receberá palestra “Planejamento da Safra de Olericultura”, também sempre de uma em uma hora. Além disso, no dia 31, 40 expositores receberão orientações sobre Visual Merchandising.

O Sebrae-SP ainda subsidia a participação na feira das empresas Engenho São Luiz, Mudas Gladenucci, Coopercheid, CMSC, Gengibre Ubatuba, Confermaq, Agrobag, Hidramax, Eacea, MF Rosas e Tupabras. Além disso, missões empresárias de 25 cidades do estado visitarão o evento com auxílio da entidade.

Em 2015, a Agrifam chega a sua 12ª edição com mais de 200 expositores. O evento acontecerá no espaço da Facilpa (recinto de exposições José Oliveira Prado), em uma área com mais de cem mil metros quadrados. A expectativa dos organizadores é atrair um público de 30 mil pessoas, movimentando aproximadamente R$ 20 milhões em negócios.

 

Contato para a Imprensa:

Máquina Public Relations a serviço do Sebrae-SP

Assessor de Imprensa: Gabriel Duarte

Tel: (14) 99605-0973

Curta a página do Sebrae-SP no Facebook (facebook.com/sebraesp)

Siga o Sebrae-SP no Twitter (twitter.com/sebraesp)

Atendimento ao cliente – 0800 570 0800 (ligação gratuita)

Leia Mais

Redes sociais, inclusive do WhatsApp, ajudam a aumentar o faturamento de empresas

Após intensificar o uso destas ferramentas, que podem fidelizar e conquistar novos clientes, empresário de Bauru eleva suas vendas em 15%  

Empresários de diferentes setores têm encontrado, nas redes sociais e aplicativos de comunicação, o caminho para se aproximarem de clientes. Com Gabriel Guedes Coelho, proprietário de uma loja especializada em vestuário e acessórios para crianças e adolescentes de Bauru, não foi diferente. “Percebemos o aumento de 30% na procura dos clientes por nossos produtos”, avalia.

E o WhatsApp é o seu mais novo aliado. “Nosso número fica à disposição da clientela e, por meio dele, enviamos imagens de novos produtos”. O retorno tem sido bastante positivo. “Muitos já nos pedem pelo próprio aplicativo a numeração específica da peça”. Com este direcionamento, os pedidos são levados diretamente até a casa do cliente. “Por dia, fazemos cerca de duas visitas deste tipo”.

Para elaborar um plano de ação de marketing digital, ele participou de capacitações oferecidas pelo escritório regional do Sebrae-SP em Bauru. “Entendemos que o nosso foco sempre deve estar no cliente, não no produto”, explica. A partir desta ideia, ele colocou em prática algumas estratégias.

Sua loja, que já possuía um perfil de usuário no Facebook, ganhou uma página oficial há dois meses. A fanpage já conta com quase 1.400 curtidas. “Grande parte da comunicação com nossos clientes é feita por lá”, diz. Com três funcionários, a loja se organizou para acompanhar diariamente o canal. “Dessa forma, quando a resposta não é imediata, há o retorno em até 24 horas”.

O uso da ferramenta não se restringe apenas à venda de produtos, mas também na divulgação de eventos e conteúdos aos clientes. “Acredito que nosso faturamento deva ter aumentado cerca de 15% após intensificarmos o uso destes canais”, conta o empresário. Segundo sua avaliação, o uso das mídias sociais já traz mais retorno do que outras formas de contato, como a distribuição de panfletos.

 

Como usar de forma eficiente redes sociais e o WhatsApp?

Segundo Hugo Hoch, consultor de marketing do escritório regional do Sebrae-SP em Bauru, obter bons resultados com o uso das redes sociais exige empenho e cuidado. “Tanto para o Facebook quanto para o WhatsApp vale a máxima de enviar a mensagem certa para o cliente certo”, afirma.

O uso do WhatsApp deve ser consensual. Ou seja, nunca mande mensagem para o seu cliente sem autorização prévia. Para isso, na hora do preenchimento cadastral, o cliente deve ser questionado se quer receber este tipo de informação. “É importante deixar claro que, a qualquer momento, ele é livre para pedir o interrompimento das mensagens”.

Bom senso também é fundamental. Tenha cuidado com os horários de envio, evite períodos de lazer ou descanso. O cliente não deve ser incomodado. “Por isso, evite criar grupos e cuide sempre para que sua mensagem traga algo relevante”, orienta.

Já no Facebook, o ideal é a criação de uma fanpage e apostar em conteúdos que atraiam o perfil do cliente. “O indicado é que apenas 30% das postagens seja para a venda direta de produtos”, orienta. E, em hipótese nenhuma, deve-se marcar pessoas em postagens ou compartilhar conteúdos em páginas pessoais de terceiros. Mensagens mais estratégicas, com informações de extrema relevância como promoções, podem ser divulgadas por posts pagos, com objetivo de aumentar a chance de visualizações em massa.

 

Serviço

O escritório regional do Sebrae-SP em Bauru, localizado na avenida Duque de Caxias, 16-82, oferece diversas capacitações e consultorias na área de marketing. Informações podem ser obtidas no próprio escritório ou no telefone (14) 3234-1499.

 

Leia Mais

O perigo de depender demais de um só cliente

Sebrae-post

Depois de muito trabalho, reuniões e de usar todo poder de argumentação, finalmente você conseguiu fechar um acordo para fornecer para aquela grande empresa e verá os ganhos do seu negócio darem um salto. É para se comemorar, claro. Mas passada a euforia e sem querer dar uma de estraga prazer, sou obrigado a fazer um alerta: cuidado com essa situação.

Um grande cliente, que represente sozinho boa parte do seu faturamento, é um risco, pois cria uma dependência perigosa. Se ele for seu único cliente pior ainda. Para a micro e pequena empresa, significa ficar fragilizada diante de alguém que pode impor sua vontade em vários aspectos como preços, prazos, quantidades e outras condições.

Ao firmar um contrato desse tipo, o fornecedor promove ajustes para cumprir o combinado como adequar o volume de produção, que requer mais matéria-prima e, consequentemente, elevação de custos. Até aí, nada além do previsível. Mas e se em um determinado momento o cliente resolver reduzir seus pedidos? O que você fará com os insumos comprados que não terão mais saída? E com os funcionários contratados para dar conta da demanda original? Como vai lidar com a drástica redução de receita? Além disso, desmontar uma operação pode ser sinônimo de prejuízo.

E se, em uma situação extrema, esse cliente quebrar? De uma hora para outra sua fonte de renda seca totalmente.

Em um exemplo atual, vimos pequenas empresas fornecedoras das companhias que trabalhavam para a Petrobras sofrerem fortes abalos por causa da Operação Lava Jato. As denúncias ocasionaram a interrupção dos pagamentos, afetando toda a cadeia.

O remédio é um só: ampliar a carteira de clientes. Essa medida é sempre boa para o negócio e elimina a dependência mencionada.

Planejar não é só vislumbrar cenários favoráveis, mas também prever possíveis problemas. O chavão usado no mercado financeiro para mostrar a importância de diversificar os investimentos serve perfeitamente para o que estamos falando: nunca coloque todos os ovos na mesma cesta, pois se ela cair… Por isso, tenha sempre opções de compradores para seus produtos; caso a coisa vá mal de um lado, o outro compensa.

Leia Mais

Etiqueta nas redes sociais e nos negócios

Sebrae-post

Usar as redes sociais para se relacionar com os clientes tornou-se praticamente uma obrigação para a empresa se manter competitiva no mercado. No entanto, é necessário critério. Quando utilizadas de forma equivocada, elas podem trazer mais prejuízos do que benefícios. Esse ambiente virtual requer um código de conduta ou, em outras palavras, ter etiqueta, o que nem sempre é observado no dia a dia.

As redes sociais são uma vitrine e expõem seu negócio à opinião pública. O que for postado vai colar na imagem do empreendimento e contribuir para a clientela formar conceitos a respeito dele. Uma vez publicado algo na internet, você não tem mais controle sobre o alcance daquele conteúdo.

Há poucos anos, uma cliente foi xingada por uma loja virtual no Facebook (não vou citar nomes) porque reclamou a não entrega de um produto. O ocorrido ganhou enorme repercussão e revoltou os internautas que se manifestaram em massa. A empresa pediu desculpa e disse que demitiu o funcionário responsável pelos insultos. Mas o estrago já estava feito.

Desse episódio tiramos nossa primeira e fundamental lição: bom senso. Sem ele, lidar com o público vai ser um perigo permanente. Como alguém acha que pode resolver um problema com o consumidor partindo para a agressividade?

Junto com o bom senso, vêm educação, tolerância e simpatia. Quem atende deve manter a tranquilidade, apresentar argumentos sólidos e propor uma solução. Assim, a possibilidade de se chegar a um bom termo é bem maior.

Outra regra a ser seguida: ser relevante nas comunicações. As páginas mais interessantes vendem produtos, mas também oferecem informação. E jamais atropele o cliente com uma infindável quantidade de postagens. Ele tem outros interesses e não quer saber da sua empresa 24 horas por dia. Também evite posts polêmicos ou ofensivos.

Responda rápido e mostre interesse em atender. Deixar o cliente esperando seu retorno só vai irritá-lo e demonstrar menosprezo. As redes sociais exigem agilidade. E nada de resposta fria, padrão, que não diz nada. O consumidor quer ser tratado como único.

Por fim, não minta. Enganar o cliente é assassinar seu negócio.

Esses são apenas aspectos básicos, porém quando colocados em prática podem trazer bons resultados para a relação entre a micro e pequena empresa e seu público.

 

Bruno Caetano é diretor superintendente do Sebrae-SP

 

Contato para a Imprensa:

Máquina Public Relations a serviço do Sebrae-SP

Assessor de Imprensa: Gabriel Duarte

Tel: (14) 99605-0973

Curta a página do Sebrae-SP no Facebook (facebook.com/sebraesp)

Siga o Sebrae-SP no Twitter (twitter.com/sebraesp)

Atendimento ao cliente – 0800 570 0800 (ligação gratuita)

 

 

 

Leia Mais

Evento discutirá tendências do setor de serviços

Sebrae-post

Programação, além de oferecer palestra e promover a troca de experiências na área, trará para Bauru Fernando Kimura, palestrante internacional

 

Maio/2015 – Na próxima quinta-feira, 21, o escritório regional do Sebrae-SP em Bauru realiza o “Fórum Empresarial de Serviços”. O evento é voltado aos micro e pequenos empresários interessados em conhecer as principais tendências do setor. A atividade é gratuita e as vagas são limitadas.

O evento começará às 19 horas com a recepção dos participantes. Na sequência, às 19h30, acontece a palestra “Tendências na prestação de serviços”, ministrada por Thiago Alexandre Brandão Farias, consultor do Sebrae-SP. A atividade traçará um panorama atual do setor e quais são os principais desafios e oportunidades para quem atua neste ramo de atividade.

Às 20h30, o especialista em inovação, comunicação e neuromarketing, Fernando Kimura, ministrará a palestra “Tecnologia aplicada na prestação de serviço”. Ele explicará aos participantes o quão importante é a área de tecnologia e marketing para a atividade empresarial e o fortalecimento de marcas e atração de clientes.

Fechando a programação, às 21h30 acontece um Talk Show empresarial. A atividade contará com a presença de dois empreendedores de Bauru que partilharão com o público suas experiências, casos de sucessos e modelos de gestão. A conversa será mediada por um consultor do Sebrae e contará com a participação do público. Após esta atividade, às 22h, haverá um café de relacionamento, oportunidade para palestrantes e participantes trocar impressões sobre o conteúdo apresentado.

Toda atividade acontece no escritório regional do Sebrae-SP de Bauru, localizado na avenida Duque de Caxias, 20-20. Com vagas limitadas, o evento é gratuito. Informações sobre inscrições podem ser obtidas no próprio escritório regional ou pelo telefone (14) 3234-1499.

 

 

Contato para a Imprensa:

Máquina Public Relations a serviço do Sebrae-SP

Assessor de Imprensa: Gabriel Duarte

Tel: (14) 99605-0973

Curta a página do Sebrae-SP no Facebook (facebook.com/sebraesp)

Siga o Sebrae-SP no Twitter (twitter.com/sebraesp)

Atendimento ao cliente – 0800 570 0800 (ligação gratuita)

 

Leia Mais

Startup: olho no futuro e pés nos fundamentos do empreendedorismo

Sebrae-post

Empresa em fase inicial, com características inovadoras, geralmente de base tecnológica, operando em condições de grande incerteza. Em outras palavras, uma boa ideia, com muito potencial para dar certo mas, ao mesmo tempo, nenhuma garantia de que irá vingar. Assim podem ser descritas as tão faladas startups.

O conceito surgiu nos Estados Unidos, em meados da década de 1990, chegou por aqui no início dos anos 2000 e desde então as startups passaram a figurar cada vez mais no radar do empreendedorismo brasileiro. Não faltam desafios para esse tipo de negócio; há os específicos e os comuns a qualquer empreendimento e, neste caso, estamos falando de como manter uma gestão eficiente, implantar ações de marketing, formar uma boa equipe, entre outros. Não bastasse, o Brasil impõe obstáculos extras como burocracia crônica, alta carga tributária e custo elevado do dinheiro, um sério entrave, já que as startups costumam depender de investidores, geralmente sem disposição para esperar muito pelo retorno.

De acordo com corrente de pensamento vinda do Vale do Silício (região da Califórnia onde estão instaladas muitas empresas de tecnologia), os elementos formadores do núcleo das startups são equipe, produto e mercado.

Apesar da divergência sobre qual teria mais peso para o sucesso, é plausível a tese dos que consideram o mercado como crucial. De nada adianta ter uma ótima equipe que desenvolva um produto de qualidade sem um mercado forte para consumi-lo. Se a demanda é pequena, o fôlego da empresa será curto. Já um mercado vigoroso impulsiona time e produto medianos, que com o tempo se aprimorariam.

Independentemente do aspecto determinante, os princípios da boa administração devem sempre ser respeitados. O planejamento é a base para a construção de uma empresa consistente. Montar um plano de negócio, com todas as variáveis do empreendimento e a análise da real perspectiva de mercado, oportunidades e riscos é imprescindível, pois sem ele, investidor nenhum colocará suas fichas.

Se você está envolvido com uma startup, seu olhar certamente está no futuro, mas jamais descuide dos pilares da gestão responsável, pois são eles que sustentarão sua empresa.

 

Bruno Caetano é diretor superintendente do Sebrae-SP

 

Contato para a Imprensa:

Máquina Public Relations a serviço do Sebrae-SP

Assessor de Imprensa: Gabriela Donatto

Tel: (14) 99605-0973

Curta a página do Sebrae-SP no Facebook (facebook.com/sebraesp)

Siga o Sebrae-SP no Twitter (twitter.com/sebraesp)

Atendimento ao cliente – 0800 570 0800 (ligação gratuita)

 

Leia Mais

Vendedor de sonhos

O vendedor é peça-chave na engrenagem de qualquer empreendimento. Ele passa longe de um mero tirador de pedidos. Por estar na linha de frente, participa de forma direta do relacionamento da empresa com seu público. A atuação desse profissional é determinante para trazer dinheiro para o caixa, satisfazer e fidelizar o cliente e contribuir para a imagem favorável do negócio. Ter uma equipe qualificada nessa área é vital, ainda mais nos dias de hoje, de retração econômica e consumidor menos propenso a gastar.

O bom vendedor reúne características que fundem os lados pessoal e profissional. Ele é agradável e educado, prima pela boa aparência, sempre adequada ao ambiente e ao público atendido. Ele sabe quando falar e ouvir e mantém uma postura positiva. Em seu perfil estão a persistência e a ambição – ele tem metas a cumprir e objetivos particulares a serem alcançados que necessitam de empenho. E importantíssimo para o negócio: o bom vendedor veste a camisa da empresa.

Esse profissional deve conhecer bem a mercadoria ou não conseguirá passar segurança para o consumidor que, na dúvida, tende a desistir de levar o produto ou reduzir o volume adquirido e o respectivo desembolso.

É sabido que ao comprar, o sujeito deseja realizar um sonho e o produto ou serviço é um instrumento para isso. Ele não leva um sofá para casa pela peça em si; ele quer o conforto e a beleza que o móvel pode dar. Ele não compra um carro pensando apenas no meio de transporte, mas anseia status, poder e a sensação de independência que o veículo vai lhe proporcionar. O vendedor tem de ter a sensibilidade para captar o componente psicológico que move o cliente e ajudá-lo a concretizar a ideia que tem em mente.

O bom vendedor é, acima de tudo, um consultor capaz de entender o que o cliente procura (e até ter a perspicácia de descobrir o que o ele ainda nem sabe que quer) e oferecer orientações e soluções. Quando ele é visto como esse aliado, cria-se uma identificação e a probabilidade de concretizar vendas cresce sensivelmente.

Portanto, procure pessoas comprometidas e qualificadas para sua empresa. Treine-as periodicamente e implemente ações que motivem o grupo. Bons produtos e atendimento de qualidade só farão bem ao empreendimento.

 

Bruno Caetano é diretor superintendente do Sebrae-SP

Contato para a Imprensa:

Máquina Public Relations a serviço do Sebrae-SP

Assessor de Imprensa: Gabriel Duarte

Tel: (14) 99605-0973

Curta a página do Sebrae-SP no Facebook (facebook.com/sebraesp)

Siga o Sebrae-SP no Twitter (twitter.com/sebraesp)

Atendimento ao cliente – 0800 570 0800 (ligação gratuita)

 

 

 

Leia Mais

Palestra divulga método empreendedor criado pela ONU

Sebrae-post

Aplicado com exclusividade pelo Sebrae no Brasil, o Empretec é uma oportunidade de desenvolver perfil empresarial

Abril/2015 – Na quarta-feira, 15, às 19h, o Escritório Regional do Sebrae-SP em Bauru realiza a palestra “Empretec”. A atividade será gratuita e apresentará o programa criado pela Organização das Nações Unidas (ONU). Por meio dele, empresários e gestores aprendem conceitos e técnicas para aperfeiçoar características empreendedoras e ter atuação de mercado estratégica.

O sucesso nos negócios muitas vezes depende das características pessoais do empresário. Tendo como base pesquisas e análises de casos, o método aponta que buscar oportunidades, ter persistência e comprometimento, correr riscos calculados, exigir sempre qualidade e eficiência, manter-se informado, trabalhar com metas e ter um planejamento que seja constantemente monitorado, são atitudes determinantes para o fortalecimento e crescimento de empresas.

Segundo pesquisas do próprio Sebrae, cerca de 200 mil pessoas já participaram do programa em todos os estados do país. Destes, cerca 90% dos gestores afirmaram que tiveram aumento nos lucros após aplicarem as técnicas adquiridas durante Empretec em suas empresas. Em média, o faturamento mensal teve um acréscimo de R$ 24,5 mil.

A palestra da próxima quarta-feira, 15, será uma oportunidade para os interessados conhecerem um pouco mais do programa. No Brasil, o Empretec é aplicado exclusivamente pelo Sebrae. Inscrições e outras informações sobre a palestra de apresentação e datas futuras do curso podem ser obtidas no escritório regional do Sebrae-SP em Bauru, localizado na avenida Duque de Caxias, 16-82, ou pelos telefones (14) 3234-1499.

Serviço
Palestra de apresentação do Empretec
Data: 15/04, às 19h
Local: Escritório do Sebrae-SP de Bauru, avenida Duque de Caxias, 16-82.
Informações: (14) 3234-1499

Contato para a Imprensa:
Máquina Public Relations a serviço do Sebrae-SP
Assessor de Imprensa: Gabriel Duarte
Tel: (14) 99605-0973
Curta a página do Sebrae-SP no Facebook (facebook.com/sebraesp)
Siga o Sebrae-SP no Twitter (twitter.com/sebraesp)
Atendimento ao cliente – 0800 570 0800 (ligação gratuita)

Leia Mais

Empreender é inspiração, transpiração e capacitação

Sebrae-post

Todos sabemos que empreender exige suar a camisa dia após dia. Ninguém se iluda achando que é fácil manter um negócio próprio, por mais talento que tenha para o ofício. Porém, dedicar-se sem o direcionamento correto significa trabalhar muito e ver resultados aquém dos possíveis ou nem vê-los. O caminho para o sucesso está na capacitação e os mais bem preparados sempre estarão um passo à frente dos apenas esforçados.

Pesquisa do Sebrae-SP intitulada Causa Mortis mostra que as empresas fecham nos primeiros cinco anos por três motivos: falta de planejamento prévio, deficiências na gestão empresarial e ausência de comportamento empreendedor. São pontos que se interligam e influem um no outro.

No entanto, quem se qualifica para empreender adquire uma visão ampliada do negócio, do mercado e da conjuntura e, sem dúvida, erra menos. Dessa forma, consegue superar obstáculos e corre somente riscos calculados. Isso se faz com aprendizado permanente, adquirido em cursos, palestras, visitas a feiras relacionadas ao setor de atuação, além da leitura de jornais e livros. Ao munir-se de informações, o indivíduo fica apto a identificar oportunidades e ameaças e pode tomar decisões com mais segurança.

Muitos empresários alegam que as obrigações rotineiras não deixam tempo para buscar conhecimento. Essa postura representa uma bomba-relógio. O empreendedor fica estagnado enquanto seus concorrentes se atualizam, pensam estrategicamente e ganham competitividade.

A internet acabou com a desculpa para o empreendedor não se capacitar. A evolução do ensino a distância permite estudar quando e onde. O Sebrae-SP pode ajudar. Entre as iniciativas nesse sentido, está seu novo site de Educação a Distância (EAD). Lançado no mês passado durante a Feira do Empreendedor, a plataforma oferece 45 cursos gratuitos englobando finanças, gestão de pessoas, marketing, planejamento, inovação, empreendedorismo e comércio exterior, que podem ser acessados, além do computador convencional, por meio de tablets e celulares.

Não existe fórmula pronta, mas certamente a capacitação evita que empreender seja um salto no escuro. Afinal, quem não quer aumentar a possibilidade de ser bem-sucedido?

 

Bruno Caetano é diretor superintendente do Sebrae-SP

Contato para a Imprensa:

Máquina Public Relations a serviço do Sebrae-SP

Assessor de Imprensa: Guilherme Moraes

Tel: (14) 99605-0973

Curta a página do Sebrae-SP no Facebook (facebook.com/sebraesp)

Siga o Sebrae-SP no Twitter (twitter.com/sebraesp)

Atendimento ao cliente – 0800 570 0800 (ligação gratuita)

Leia Mais

Criatividade ajuda a driblar baixo investimento para marketing

Segundo consultor do Sebrae-SP em Bauru, redes sociais podem ser boa alternativa, mas é preciso chamar a atenção em meio a tanto conteúdo

 

Fevereiro/2015 – É praticamente consenso que propaganda é a alma do negócio, mas nem todas as empresas começam com uma boa quantia para investir em publicidade e marketing. Nesses casos, o “pulo do gato” pode vir da criatividade. De acordo com o consultor Hugo Hoch, do Escritório Regional do Sebrae-SP em Bauru, há alternativas de baixo custo e mesmo gratuitas para divulgar produtos ou serviços, tornando a empresa mais conhecida no mercado.

 

Uma boa dica é utilizar as redes sociais mais populares, que oferecem recursos pagos e gratuitos. “Nesse caso, porém, existe o desafio de conseguir ser atrativo em um mundo carregado de informações. Principalmente para as empresas pequenas, que possuem verba limitada, ser criativo nesse momento é um importante diferencial”, aponta. Oferecer descontos em datas comemorativas, especialmente no aniversário do cliente, também pode alavancar as vendas.

 

No entanto, elaborar um plano de marketing permite definir estratégias a curto, médio e longo prazo, aumentando as chances de sucesso das ações. “Para isso, o empreendedor deve considerar o que chamamos de ‘mix de marketing’, ou regra dos ‘4p’: produto (ou serviço), preço, promoção (ou comunicação) e ponto de venda. Também é importante fazer uma análise do mercado, buscando oportunidades e observando possíveis ameaças”, explica Hoch.

 

Para os micro e pequenos empresários interessados em aprimorar seus conhecimentos em marketing e outras áreas, o Escritório Regional do Sebrae-SP em Bauru está com inscrições abertas para capacitações com início em março. O curso “Marketing na Medida” será oferecido de 9 a 12 de março, às 19h.

 

Já o curso “Na Medida – Gestão Financeira” ajuda o empreendedor a controlar os mecanismos financeiros de uma microempresa. A programação inclui estudos sobre planejamento, fluxo de caixa, precificação e demonstrativo de resultados. Os encontros acontecem de 9 a 10 e de 16 a 17 do próximo mês, às 19h. Assim como a capacitação de marketing, essa atividade oferece mais duas horas de consultoria para as empresas participantes.

 

Por fim, a oficina “Transforme sua ideia em modelo de negócios” ensina os participantes a utilizar o Canvas, ferramenta de gerenciamento estratégico utilizada por algumas das maiores empresas do mundo. O curso será oferecido de 16 a 18 de março, às 18h, no Sebrae-SP em Bauru, e de 9 a 11, no mesmo horário, no Posto de Atendimento ao Empreendedor (PAE) de Lençóis Paulista.

 

As capacitações são parcialmente subsidiadas pelo Sebrae-SP. Para fazer as inscrições ou obter mais informações, os interessados devem procurar o Escritório Regional de Bauru na avenida Duque de Caxias, 16-82, ou pelo telefone (14) 3234-1499, e o PAE de Lençóis Paulista, na rua Coronel Joaquim Gabriel, 11, ou pelo telefone (14) 3264-3955.

 

 

Contato para a Imprensa:

Máquina Public Relations a serviço do Sebrae-SP

Assessor de Imprensa: Guilherme Moraes

Tel: (14) 99605-0973

Curta a página do Sebrae-SP no Facebook (facebook.com/sebraesp)

Siga o Sebrae-SP no Twitter (twitter.com/sebraesp)

Atendimento ao cliente – 0800 570 0800 (ligação gratuita)

Leia Mais
Página 1 de 212