Plantio de árvores nativas encerra semana do Meio Ambiente

thumb-82ca6844-46c0-451f-b438-3de9a584aca3

Para promover a preservação da flora brasileira, a Semana do Meio Ambiente e da Reciclagem de Presidente Prudente realiza o plantio de 100 mudas de árvores nativas no dia 11 de junho, às 9h, no Parque Ecológico dos bairros São Lucas e São Matheus.

Durante toda a semana aconteceram diversas atividades como o plantio de mudas de árvores nativas e frutíferas, manejo de horta, ecocaminhada, oficinas de reciclagem e sobre a poluição da água,  simulador de chuva, palestras ecológicas, ecopedágio e mutirão do lixo eletrônico.

A CART – Concessionária Auto Raposo Tavares é uma das apoiadoras do evento realizado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semea) de Presidente Prudente. “A parceria com a Prefeitura de Presidente Prudente tem incentivado cada vez mais o reflorestamento e a preservação ambiental.  A promoção de ações de cunho socioambiental já faz parte de nosso dia a dia e ficamos felizes em contribuir para a valorização da Semana do Meio Ambiente do município”, ressalta o coordenador de meio ambiente e sustentabilidade da  Concessionária, Osnir Giacon.

Selo Verde

A Concessionária participa do projeto “Prudente Mais Verde” por meio de ações desenvolvidas em parceria com o município de Presidente Prudente. E ao longo do Corredor CART, realiza diversas iniciativas socioambientais nas cidades das rodovias administradas.

Em 2015, recebeu o “Selo Verde” da Semea pelo plantio de 316.413 mil mudas de árvores, privilegiando assim nascentes do córrego às margens da SP-270 Rodovia Raposo Tavares, uma das rodovias administradas. No ano passado e em 2016, a Concessionária entregou à Semea mais de 5 mil mudas de árvores nativas que foram plantadas em áreas de preservação permanente e compensação ambiental, em vários bairros da cidade durante a Semana da Árvore, no mês de setembro, e outras que serão plantadas este ano em ações da secretaria.

Os plantio e ações ambientais em parceria com a Prefeitura Municipal de Presidente Prudente aconteceram através dos projetos “Prudente Mais Verde” e “Caravana do Verde”.

“A CART é uma grande parceira no projeto ‘Prudente Mais Verde’ e participa ativamente das ações ambientais em Presidente Prudente. Agradecemos o engajamento e o apoio da Concessionária em mais uma Semana do Meio Ambiente, neste ano de 2016”, salienta Wilson Portella, Secretario do Meio Ambiente de Presidente Prudente.

Responsabilidade ambiental

A CART monitora o atendimento às legislações ambientais aplicáveis em todos os processos, na execução das suas obras, na operação das rodovias e adota uma série de práticas sustentáveis. A Concessionária realiza também o reflorestamento em áreas degradadas, cumprindo com sua responsabilidade de compensação ambiental. A preservação do meio ambiente é um dos maiores compromissos da CART que já foi reconhecida com o selo ISO 14001 que certifica a efetividade da gestão ambiental em empresas.

Uma equipe qualificada e preparada atende e mitiga as emergências em acidentes envolvendo carga de produtos ambientalmente degradadores. A Concessionária também gerencia resíduos produzidos em todas as suas atividades, com a separação desses resíduos e a destinação ambientalmente correta. Os projetos socioambientais procuram integrar ao negócio da empresa o desenvolvimento econômico, social e ambiental das localidades onde atua. Desde 2010, a Concessionária é signatária do Pacto Global, iniciativa da ONU (Organização das Nações Unidas) que tem como objetivo mobilizar empresas para a adoção de valores fundamentais e internacionalmente aceitos nas áreas de direitos humanos, relações de trabalho, meio ambiente e combate à corrupção.

O Comitê Interno de Responsabilidade Socioambiental mantém contato constante para o intercâmbio de informações e experiências, o planejamento de ações e o estabelecimento conjunto de estratégias, metas e objetivos. Outra prática sustentável na empresa é a aplicação anual dos Indicadores Ethos, desenvolvidos pelo Instituto Ethos para empresas interessadas em avaliar sua gestão sob a perspectiva da sustentabilidade e da responsabilidade social. Os resultados geram um plano de ação para áreas diversas da empresa, que é monitorado periodicamente para a melhoria contínua da gestão da responsabilidade social e da sustentabilidade.

Em parceria com o Instituto Invepar, são apoiados projetos que estejam alinhados à valorização territorial e desenvolvimento comunitário, buscando sinergia entre os resultados das ações de responsabilidade social e a presença das empresas do Grupo Invepar em cada região de atuação de forma mais assertiva.

A CART, uma empresa Invepar Rodovias, administra o Corredor CART, formado pelas rodovias SP-225 João Baptista Cabral Rennó, SP-327 Orlando Quagliato e SP-270 Raposo Tavares, num total de 834 quilômetros entre Presidente Epitácio e Bauru, sendo 444 quilômetros no eixo principal e 390 quilômetros de vicinais.

Leia Mais

Roteiro verdes são alternativas para aproveitar o final de semana

lagoaverde

Sentir o cheiro de grama, passar a tarde relaxando na beira do lago, se aventurar em uma tirolesa. Atividades como essas desaceleram a rotina, trazem benefícios para a saúde e ainda podem ser cenário de memórias inesquecíveis. Para celebrar o “Junho Verde”, a CART- Concessionária Auto Raposo Tavares elenca seis destinos para o usuário aproveitar um dia de folga e entrar em contato com a natureza.

O interior já é conhecido por sua tranquilidade em relação às cidades metropolitanas, mas de Presidente Epitácio a Bauru, a hospitalidade se alia a roteiros ao ar livre, aos esportes aventureiros e, principalmente, à consciência da preservação da fauna e da flora. Veja algumas atrações:

Parque Estadual Morro do Diabo – Teodoro Sampaio: O Parque Estadual Morro do Diabo foi criado na década de 80 com o objetivo de preservar uma das últimas florestas de planalto do Brasil. O local conta com 34.000 hectares de Mata Atlântica e espécies típicas da vegetação, como a anta, queixada, bugio, puma, onça-pintada e mico-leão-preto. Por lá é possível fazer uma trilha até o alto da mata e se deleitar com paisagens belíssimas.

Campo Belo Resort – Álvares Machado: ótima opção para toda a família. Além da comodidade hoteleira, o resort possui uma área externa, a Fazendinha, onde as crianças podem passear de charrete, pônei e a cavalo, assim como visitar búfalos, peixes, galinhas, patos, gansos e porcos.

Cidade da Criança- Presidente Prudente: O Complexo Turístico tem atividades para todas as épocas do ano, inclusive para quem entra no clima do “Junho Verde” e não quer ficar parado, com o stand up paddle e o pedalinho. Para as crianças, o parque oferece visitas interativas ao zoológico e ao aviário, que têm como estrelas o hipopótamo e o mutum do sudeste. Segundo o Complexo Turístico Cidade da Criança, animais domésticos e silvestres são abrigados a fim de estimular a educação ambiental para a preservação das espécies.

Balneário Bom Futuro – Presidente Bernardes: o balneário é um convite à prática de atividades ao ar livre tais como arvorismo,  quadriciclo, ponte suspensa, tirolesa, passeio a cavalo, paintball, pedalinho e caiaque, pescaria e trilha. O local possui também área de camping arborizada e playground.

Parque Ecológico Bióloga Tânia Mara Netto Silva – Ourinhos: o último trecho de Mata Atlântica de Ourinhos é uma das principais reservas ambientais da cidade. O parque é um ponto de encontro para quem quer fazer trilha, passar o dia e se exercitar, enquanto alguns macacos dão as boas-vindas aos visitantes.

Jardim Botânico – Bauru: oferece atividades voltadas à conservação das plantas e da educação ambiental para todas as idades. Mantém reservas ecológicas do Cerrado, um jardim medicinal sensorial e uma trilha ecológica ao longo de sua extensa área verde.

O verde de todos     

A CART conscientiza os usuários das rodovias que é preciso respeitar o meio ambiente durante passeios verdes como esses. Recolher o lixo depois do piquenique e não alimentar os animais silvestres são algumas das atitudes que tornam a convivência mais harmônica entre homem e natureza.

Viagem tranquila 

Nas rodovias administradas pela CART, existem paradas de descanso rápido nas 12 bases do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) equipadas com fraldário, água e banheiros disponíveis aos motoristas. Em caso de problemas mecânicos, os socorros mecânico e inspeção da rodovia funcionam 24 horas por dia.

Em mais de 834 km de rodovias, o motorista dispõe de diferentes canais de comunicação: o 0800 773 00 90, com ligação gratuita; telefones de emergência (call box) instalados a cada quilômetro nas rodovias duplicadas e o CART Atende! que funciona 24h nas paradas de descanso ao longo do Corredor CART.

Serviço:

Parque Estadual do Morro do Diabo: Abre de terça-feira à sexta-feira, das 8h às 17h, na SPV 28 – KM11. Teodoro Sampaio.

Campo Belo Resort- Álvares Machado: Localizado na Estrada AVM-030. Estrada Vereador José Molina, km 3,7 (acesso pela Cel. Goulart) pela SP-270 Rodovia Raposo Tavares, saída Km 576.

Cidade da Criança- Presidente Prudente: De terça-feira a domingo das 9h às 17h, na SP-270 Rodovia Raposo Tavares, km 561, Presidente Prudente.

Balneário Bom Futuro – Presidente Bernardes: De terça-feira a domingo, das 8h às 17h, na Estrada Vicinal s/n (entre Presidente Bernardes e Santo Anastácio, com acesso pela SP-270 Rodovia Raposo Tavares).

Parque Ecológico Bióloga Tânia Mara Netto Silva- Ourinhos:  Funcionamento diário das 8h às 18h. Endereço Rua Pedro Silvestrini, 125, Jardim Paulista.

Jardim Botânico Municipal – Bauru: Abre diariamente das 8h às 16h. SP-225 Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros, km 232.

A CART, uma empresa Invepar Rodovias, administra o Corredor CART, que é formado pela SP-225 João Baptista Cabral Rennó, SP-327 Orlando Quagliato e SP-270 Raposo Tavares, no total de 834 quilômetros entre Presidente Epitácio e Bauru, sendo 444 no eixo principal e 390 quilômetros de vicinais. A concessionária está inserida no Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo, instituído em 1998 com a finalidade de suprir as necessidades de investimentos na infraestrutura de transportes, fundamentais ao desenvolvimento do Estado, bem como ao conforto e à segurança dos motoristas e usuários.

Leia Mais

Projeto Seguindo em Frente começa com aula inaugural para 50 mulheres

Apoiado pela CART e Instituto Invepar, projeto desperta o lado empreendedor em mulheres de comunidades em sua área de atuação; cultura da hidroponia será o tema trabalhado nos encontros

 

Em 2014, o projeto social Seguindo em Frente foi um dos aprovados no II Edital de Seleção de Projetos do Instituto Invepar como política de Investimento Social Privado da organização.  O empreendedorismo e o apoio à gestão pública foram temas transversais no edital de seleção. Hoje, 12 maio, a CART – Concessionária Auto Raposo Tavares, em parceria com Fatec (Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo), Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), Prefeituras locais e integrantes do ONG Ato Cidadão deram início às atividades a cerca de 50 mulheres que estão em busca de oportunidade no mercado de trabalho.

No primeiro dia, na abertura oficial do projeto, houve encontros em Ibirarema, na Câmara Municipal às 9h30, e em Espírito Santo do Turvo, no salão de reuniões da Secretaria do Bem Estar Social, às 13h30. No dia 13, às 14h, o encontro será realizado em Santo Anastácio na ACIA (Associação Comercial, Industrial e Agropecuária). Durante os encontros, os módulos de aula e o cronograma de ensino serão apresentados aos participantes pelos parceiros e ao longo de 5 meses, as integrantes terão aulas sobre pequenos negócios e noções estratégicas de empreendedorismo. Escolhida pela versatilidade e facilidade de implementação caseira, ao longo dos encontros a cultura da hidroponia será o tema trabalhado. A cultura consiste na técnica de cultivar hortaliças ou plantas sem utilizar o solo. O canteiro é suspenso em pequenas fileiras onde as raízes recebem uma solução nutritiva balanceada que contém água e todos os nutrientes essenciais ao desenvolvimento do cultivo. Além, disso os participantes vão aprender a construir de forma artesal as estufas desse tipo de cultivo.

O objetivo das diretrizes do Instituto Invepar é tornar a atuação da entidade mais estratégica e transparente, assim como apoiar projetos que estejam alinhados ao relacionamento comunitário das empresas do grupo e que contribuam para o desenvolvimento das comunidades do entorno das áreas em que as empresas atuam, buscando sinergia entre os resultados das ações de responsabilidade social e a presença da empresa na região de forma mais eficiente. “O papel do Instituto junto às empresas é ser um indutor da gestão sob os princípios da Responsabilidade Social Corporativa e do Investimento Social estratégico, ou seja, aquele que vai fazer realmente diferença para a comunidade e que tenhamos, além do repasse de recursos, interação e colaboração plena”, diz Claudia Jeunon, diretora executiva do Instituto Invepar.
Investimentos

Em 2015, o Instituto Invepar destinará R$ 3,9 milhões aos 31 projetos socioambientais, sendo R$ 1,4 milhão via recurso direto e R$ 2,5 milhões de recurso incentivado. Os investimentos contribuirão para promoção do desenvolvimento socioambiental e econômico das comunidades localizadas no entorno das empresas do grupo Invepar patrocinadoras dos projetos: Linha Amarela S/A – LAMSA (RJ), Concessionária Litoral Norte – CLN (BA), CART (SP) e MetrôRio (RJ). Além do Seguindo em Frente, integram a lista de projetos do Corredor CART mais três iniciativas: Plantando Árvores – que visa a restauração florestal de áreas degradadas da Mata Atlântica -, o Projeto Malha – que tem por objetivo contribuir para processo integrado de coleta, armazenamento, análise e proposição de medidas de mitigação de atropelamento de fauna selvagem e o Integr@Assis – que visa a inclusão social de adolescentes em situação de vulnerabilidade social através da inclusão digital, do esporte e da arte.

 

Leia Mais

CART apoia Campanha de Conscientização contra a dengue

post fb dengue 1-01

A CART – Concessionária Auto Raposo Tavares, em parceria com o Governo do Estado de São Paulo, vai colaborar com campanha de conscientização contra a dengue nas estradas paulistas. Nos próximos dias, a CART vai distribuir 20 mil folhetos nas praças de pedágios das rodovias, além de fixar 120 cartazes nos postos SAU – Serviço de Atendimento ao Usuário, localizados no eixo principal da SP-270 Rodovia Raposo Tavares, SP-327 Rodovia Orlando Quagliatto e SP-225 Rodovia João Baptista Cabral Rennó.

A dengue é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti e vem atingindo grande parte dos municípios paulistas. Segundo informações do Centro de Vigilância Epidemiológica do Estado de São Paulo, 90% das cidades paulistas contabilizaram, juntas, mais de 100 mil casos confirmados da doença. Por esse motivo, a união de todos é fundamental para o combate ao foco do mosquito.

Lixo na rodovia
Também na rodovia, assim como em casa, é importante que o lixo seja dispensado em local adequado. Além de acumular água – servindo de criadouro para o mosquito – embalagens, copos e outros objetos dispensados na rodovia podem provocar sérios acidentes. A CART realiza, periodicamente, o serviço de limpeza e varredura de áreas pavimentadas das rodovias que administra e a recolha de resíduos encontrados.

Leia Mais

Projeto de Proteção à Fauna tem novas ações em Assis e Ourinhos

Há um ano, a CART – Concessionária Auto Raposo Tavares iniciou a implantação e adaptação de passagens de fauna sob as rodovias que administra, de Presidente Epitácio a Bauru. Em trechos em que os túneis sob o asfalto estão prontos e já há telas margeando a faixa de domínio, em ambos os lados, para guiar os animais silvestres para a passagem segura, como na Raposo Tavares no município de Rancharia, os resultados são animadores. O total de ocorrências envolvendo animais reduziu em 82,5%. Agora, o Projeto de Proteção à Fauna, desenvolvido pela CART numa parceria com o CBEE – Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas, entra numa nova fase, que, na próxima semana, terá ações em Assis e Ourinhos.
Em Assis, serão duas atividades. No dia 16 de abril, o coordenador do CBEE, Alex Bager, dará um treinamento para inspetores de tráfego da CART para identificar e resgatar animais silvestres encontrados dentro da faixa de domínio. “É uma capacitação que ensinará aos inspetores de tráfego, que atuam 24 horas na rodovia, duas atividades importantes: fotografar os animais achados feridos e mortos de forma a facilitar a posterior identificação pelo CBEE, pois a identificação correta das espécies é muito importante para que o CBEE possa propor medidas adequadas de mitigação do impacto da rodovia. A outra atividade é prestar, de maneira correta, os primeiros socorros a animais silvestres encontrados machucados. Semelhante ao socorro de pessoas, a forma como se move e transporta um animal pode evitar ou provocar danos sérios à coluna cervical e prejudicar sua reinserção na natureza mais tarde”, explica Osnir Giacon, coordenador de Meio Ambiente da CART.
A segunda atividade em Assis é uma palestra sobre o Projeto de Proteção da Fauna que será realizada no Projeto Broto Verde durante o projeto Café com Ideia na Comunidade, promovido pela CART. Alex Barger falará para assistentes sociais, psicólogos, professores, profissionais liberais, pessoas da comunidade e demais interessados sobre a importância da proteção da biodiversidade e ressaltará o que cada um pode fazer para contribuir. Um dos itens que Bager vai enfocar é o descarte do lixo. Se jogado próximo à rodovia, por exemplo, pode atrair animais silvestres em busca de comida, o que aumenta o risco de atropelamento destes animais. A palestra, aberta ao público, será das 14h30 às 16h, numa parceria da CART com o CIVAP – Consórcio Intermunicipal do Vale do Paranapanema, Rede Ciranda e Projeto Broto Verde.
Ainda no dia 16 de abril, à noite, Alex Bager dará palestra em Ourinhos, na FIO (Faculdades Integradas de Ourinhos), para alunos de graduação de direito, biologia e medicina veterinária. Ele vai destacar o que é ecologia de estradas, o impacto de rodovias e ferrovias na biodiversidade e fará uma breve explanação sobre a parceria do Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas e a CART na região no Projeto de Proteção à Fauna. Também vai falar sobre o Sistema Urubu, que através de um aplicativo gratuito para celular permite a qualquer interessado enviar fotos de animais machucados e mortos nas rodovias ao Projeto Malha do CBEE e, assim, contribuir para a formação do maior banco de dados sobre atropelamentos da fauna silvestre no Brasil. Com base nas informações do banco de dados, o CBEE propõe medidas de mitigação.
A estimativa do Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas é que anualmente 475 milhões de animais morrem atropelados nas rodovias em todo o Brasil, mais de duas vezes a população humana do País. Este número significam 1,3 mil animais mortos nas estradas por dia e 15 a cada segundo. A CART, primeira concessionária de rodovia a participar do Projeto Malha, mensalmente informa quais e quantos foram os animais silvestres avistados ou afugentados às margens da pista, os recolhidos feridos e os recolhidos mortos ao longo das rodovias que administra, além de estar implantando passagens de fauna ao longo do Corredor Raposo Tavares.

Leia Mais

Projeto de Proteção à Fauna tem novas ações em Bauru

Há um ano, a CART – Concessionária Auto Raposo Tavares iniciou a implantação e adaptação de passagens de fauna sob as rodovias que administra, de Presidente Epitácio a Bauru. Em trechos em que os túneis sob o asfalto estão prontos e já há telas margeando a faixa de domínio, em ambos os lados, para guiar os animais silvestres para a passagem segura, como na Raposo Tavares no município de Rancharia, os resultados são animadores. O total de ocorrências envolvendo animais reduziu em 82,5%. Agora, o Projeto de Proteção à Fauna, desenvolvido pela CART numa parceria com o CBEE – Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas, entra numa nova fase, que na próxima semana terá ações em Bauru.

Será uma atividade no dia 17 de abril, das 19h às 22h, onde o coordenador do CBEE, Alex Bager, dará palestra na USC (Universidade do Sagrado Coração) aos alunos de graduação de biologia e engenharia ambiental. Ele vai destacar o que é ecologia de estradas, o impacto de rodovias e ferrovias na biodiversidade e fará uma breve explanação sobre a parceria do Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas e a CART na região no Projeto de Proteção à Fauna. Também vai falar sobre o Sistema Urubu, que através de um aplicativo gratuito para celular permite a qualquer interessado enviar fotos de animais machucados e mortos nas rodovias ao Projeto Malha do CBEE e, assim, contribuir para a formação do maior banco de dados sobre atropelamentos da fauna silvestre no Brasil. Com base nas informações do banco de dados, o CBEE propõe medidas de mitigação.
A estimativa do Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas é que anualmente 475 milhões de animais morrem atropelados nas rodovias em todo o Brasil, mais de duas vezes a população humana do País. Este número significam 1,3 mil animais mortos nas estradas por dia e 15 a cada segundo. A CART, primeira concessionária de rodovia a participar do Projeto Malha, mensalmente informa quais e quantos foram os animais silvestres avistados ou afugentados às margens da pista, os recolhidos feridos e os recolhidos mortos ao longo das rodovias que administra, além de estar implantando passagens de fauna ao longo do Corredor Raposo Tavares.

Leia Mais

Simulador de impacto prova a importância de usar o cinto de segurança

3

A CART, em parceira com a Artesp, traz o equipamento para Presidente Prudente, entre 16 e 20 de março

 Se o veículo bater, qual impacto para os ocupantes do veículo? Para que as pessoas tenham noção do que ocorre durante um acidente de trânsito e, ao mesmo tempo, alertar para a importância do uso do cinto de segurança por todos os passageiros do veículo, inclusive os do banco de trás. Um simulador de impacto estará em Presidente Prudente entre 16 e 20 de março à disposição de todos os interessados para vivenciarem tal experiência. A CART – Concessionária Auto Raposo Tavares, em parceria com a Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) Semav e Policiamento Rodoviário, vai realizar uma ação de educação no trânsito com o equipamento, que simula uma colisão a 5km/h.

Apesar da baixa velocidade, é o suficiente para provar que o uso cinto de segurança é importantíssimo para minimizar o impacto sentido pelo ocupante do veículo, diminuindo os riscos de lesões graves ou até morte. A ação de educação no trânsito faz parte da campanha de incentivo ao uso do cinto de segurança no banco traseiro lançada pela Artesp em janeiro deste ano e que também é realizada pela CART em todo o Corredor Raposo Tavares. A agência resolveu fazer a campanha após realizar pesquisa, em dezembro de 2014, que mostrou que os usuários das rodovias paulistas sob concessão ainda resistiam em utilizar o cinto de segurança, principalmente os passageiros que ocupam os bancos traseiros.

A pesquisa revelou que 53% dos passageiros no banco traseiro, 15% dos passageiros no banco da frente e 13% dos motoristas não utilizam o cinto de segurança, dado que preocupa. Entre todo o Estado de São Paulo, a região de Presidente Prudente é a segunda, empatada com a região de Santos, com maior índice de passageiros do banco de trás sem cinto no banco traseiro: 60%.  As desculpas mais comuns por quem não usa o cinto costuma ser “vou aqui pertinho”, “qualquer coisa, o banco da frente protege”, “dá trabalho colocar o cinto”. Porém, o simulador de impacto mostra que, em uma colisão, quem protege mesmo é o cinto de segurança, e não o banco da frente. O uso do equipamento, que é obrigatório por lei para todos os passageiros do veículo, pode fazer a diferença entre a vida e a morte em caso de acidente.

Nos primeiros meses deste ano, a CART, em parceira com a Artesp, distribuiu 54 mil folhetos educativos de incentivo ao uso do cinto de segurança no banco de trás nas praças de pedágio do Corredor Raposo Tavares, de Bauru a Presidente Epitácio. A Concessionária também instalou faixas às margens da rodovia nos municípios de Bauru, Assis e Presidente Prudente, contendo mensagem que chama a atenção para o uso do equipamento. Agora, ainda como parte da campanha, a CART, numa parceria com a Artesp, Polícia Militar Rodoviária e Semav – Secretaria Municipal de Assuntos Viários e Cooperação em Segurança Pública, traz o simulador de impacto para Presidente Prudente. De 16 a 18 de março, o equipamento estará à disposição dos interessados, das 13h às 18h, na Base da Polícia Militar Rodoviária de Presidente Prudente, localizada no km 561+500 da SP 270. “Esta ação é importante para as pessoas se conscientizarem da necessidade do uso do cinto de segurança. Ele não evita acidente, mas reduz a gravidade do mesmo. Nossa missão nesta meta de redução de acidentes de trânsito não é apenas administrativa, com a aplicação de multas, mas também educativa, no sentido de salvar vidas”, afirma o tenente Daniel Bombonati Martins Viana, da Polícia Rodoviária.

Já nos dias 19 e 20 de março, o simulador de impacto estará no Calçadão (Rua Tenente Nicolau Maffei) de Presidente Prudente, também das 13h às 18h. “O cinto de segurança é um equipamento importantíssimo independentemente do tipo da via, se na rodovia ou na área urbana, em que se trafega. E é esta mensagem que queremos passar”, ressalta Renato Gouvea, pedagogo do Departamento de Educação para o Trânsito da Semav. Ele conta que, além dos interessados em geral, a ação educativa será voltada aos estudantes de escolas estaduais e integrantes de instituições da cidade. “Há anos fazemos parceria com a CART na área de educação para o trânsito e esta será mais uma de sucesso”, completa. Nos dias 19 e 20 de março, a ação educativa também terá a participação do Corpo de Bombeiros, que vai expor, ao lado do simulador de impacto, uma Unidade Resgate. Também estarão em exposição materiais e equipamentos utilizados em salvamento de vítimas em acidentes de trânsito. É mais uma forma de buscar a conscientização das pessoas para o uso do cinto de segurança e para a necessidade de dirigir de forma defensiva.

 

Segurança

Para a CART, as questões de segurança na rodovia são de extrema importância. Por isso, além de realizar campanhas e ações de segurança viária, a Concessionária mantém um comitê multidisciplinar chamado NIA – Núcleo de Inteligência de Acidentes, é conduzido pelo CCO – Centro de Controle de Operações e trabalha em conjunto com uma equipe de profissionais das áreas de engenharia, saúde, segurança, jurídico, desenvolvimento social e comunicação. E esse trabalho tem sido fundamental, pois, com base nele, importantes decisões sobre segurança viária e estrutura da rodovia foram tomadas. Em 2015, a CART formalizou seu compromisso com o Movimento Maio Amarelo, em defesa de um trânsito mais seguro. A Concessionária reitera sua adesão no compromisso de fomentar cidadania e respeito no trânsito.

Com esta e outras ações, a CART busca cumprir o PRA – Programa de Redução de Acidentes, uma determinação da Artesp. Ao mesmo tempo, colabora com outro compromisso da Concessionária, que é a Década Mundial de Ação pela Segurança no Trânsito, proclamada pela Organização das Nações Unidas em 2010. A meta do Pacto Nacional para Redução de Acidentes de Trânsito é diminuir pela metade, até 2020, o quantidade de vítimas fatais de acidentes de trânsito no Brasil. Todos estes esforços para garantir uma rodovia mais segura para todos.

 

Serviço

Onde estará o simulador de impacto:

  • Na Base da Polícia Militar Rodoviária de Presidente Prudente (km 561 da Raposo Tavares, sentido Interior/Capital), de 16 a 18 de março, das 13h às 18h.
  • No Calçadão (Rua Tenente Nicolau Maffei) de Presidente Prudente, dias 19 e 20 de março, das 13h às 18h.

 

Leia Mais

Sistema de Gestão CART é recomendado para Manutenção da Certificação

iso_cart

A Manutenção da Certificação está alicerçada na Gestão da Qualidade, Gestão Ambiental e na Gestão de Saúde e Segurança Ocupacional

Após três dias de auditoria com a participação de auditores do Organismo Certificador Bureau Veritas Certification, o Sistema de Gestão CART foi recomendado para Manutenção da Certificação nas normas internacionais ISO 9001:2008 (Gestão da Qualidade), ISO 14001:2004 (Gestão Ambiental) e OHSAS 18001:2007 (Gestão de Saúde e Segurança Ocupacional). Alicerçado na gestão dos processos internos para eficiência operacional, respeito ao Meio Ambiente e na preocupação com a Saúde e Segurança do Trabalhador, o Modelo de Gestão demonstrou aderência aos padrões normativos e a utilização das premissas desses padrões em benefícios aos usuários, poder concedente, colaboradores, acionistas e demais partes interessadas.

A conquista reflete o amadurecimento do Sistema de Gestão CART na busca pelo aperfeiçoamento contínuo de suas atividades em atender as expectativas das partes relacionadas, na responsabilidade com o Meio Ambiente e com a Saúde e Segurança do Trabalhador. O modelo de Gestão CART é um sistema que alinha toda a estratégia corporativa da organização, permitindo agilidade nos processos, mitigação de riscos, compliance das operações e foco nos resultados operacionais.

A CART reafirma o compromisso de satisfazer as expectativas de seus usuários e stakeholders, além de contribuir diretamente para a responsabilidade socioambiental de suas operações e sua cadeia de valor. A CART, uma empresa Invepar Rodovias, administra o Corredor Raposo Tavares, formado pelas rodovias SP-225 João Baptista Cabral Rennó, SP-327 Orlando Quagliato e SP-270 Raposo Tavares, totalizando 444 quilômetros entre Bauru e Presidente Epitácio de eixo principal e conserva 390 quilômetros de vicinais.

Leia Mais